Entenda como funciona a hierarquia administrativa

Sabemos que manter a organização de uma empresa é importante para que ela funcione da maneira que precisa e, quando pensamos nesse meio, manter a hierarquia administrativa faz parte do processo, para que assim as demandas ocorram conforme solicitadas.

Mas manter a produção e organização de uma empresa pode ser mais difícil do que parece, quando não se sabe exatamente como ela funciona, qual o seu objetivo ou o porquê os líderes e gestores insistem tanto em mantê-la assertiva e em sincronia.

Pensando nisso, o texto a seguir irá abordar o conceito de hierarquia administrativa, o que a define e como ela funciona, explorando as suas funcionalidades e importância dentro do mercado, assim como exemplos de como aplicar em sua organização.

Seja uma empresa de perícia de engenharia ou uma grande logística, todo lugar precisa ser organizado e possuir a sua própria hierarquia para que o negócio ande, as tarefas e demandas sejam desempenhadas e tudo consiga se resolver de forma orgânica.

Diferente do que muitos pensam, a hierarquia não se trata apenas de um esquema de funcionamento de cargos e posições, ela vai muito além disso. A hierarquia representa a organização e a forma como a empresa se comporta e rearranja suas demandas.

Podemos dizer que é a maneira como as relações de trabalho se estruturam em um negócio, fazendo com que uma empresa de instalação de alarme de incêndio, por exemplo, seja quem ela é e consiga fazer suas entregas e conquistar o seu espaço no mercado.

Porém, é preciso ter em mente que a hierarquia não é algo que a empresa descobre junto aos funcionários conforme vão desenvolvendo suas atividades e projetos, e sim criado pelo departamento de Recursos Humanos antes do momento de contratação.

E diferente do que muitos podem pensar, o modelo de hierarquia administrativa é necessário para que todos da empresa saibam o que precisam, quando e como fazer, assim como a quem reportar, algo que é usado muito por empresas de remediação de áreas contaminadas.

É preciso não somente estabelecer uma hierarquia para a sua empresa como entender qual o melhor modelo que combina com a sua organização, afinal, não é uma simples receita de bolo que se adapta a toda empresa do mundo.

O próximo tópico irá melhor contextualizar a importância desse organograma e como ele pode impactar positivamente o seu negócio, fazendo com que se entenda de forma mais direta como a hierarquia administrativa é necessária para os processos empresariais.

O conceito de hierarquia administrativa

Desde distribuidores de correias transportadoras até mesmo consultorias contábeis, as empresas são estruturadas de acordo com os cargos de importância para toda organização, buscando sempre reunir efetividade e a dimensão de tarefas que cada um lida.

Organizar os cargos de uma empresa é muito mais do que apenas entender quem é responsável por gerenciar o trabalho de quem, e principalmente, garantir que as demandas não acumulem, algo comum de acontecer com todos os nichos e ramos empresariais.

Em outras palavras, mesmo um serviço de administração de condomínios precisa saber como se estruturar e garantir a efetividade de seus processos e demandas, garantindo não só a qualidade mas a produtividade dos mesmos.

Portanto, não apenas com o que foi mencionado até o momento sobre o tema, mas também em aspectos gerais, podemos destacar como alguns benefícios de se investir em estruturar muito bem a sua hierarquia administrativa:

  • Produção mais assertiva;
  • Delegação de tarefas melhor utilizadas;
  • Conceito de demandas melhor descrito por função;
  • Efetividade de processos mais acentuada;
  • Colaboradores conhecendo seus deveres dentro da empresa;

Em outras palavras, mesmo serviços de automação residencial de iluminação precisam ser bem direcionados e as pessoas precisam saber quais suas tarefas e demandas e a quem devem recorrer caso encontrem problemas ao longo do percurso.

Portanto, conclui-se que além de ser necessário para a organização da empresa, é para que cada colaborador tenha o devido apoio de seus superiores e saibam não só a quem recorrer, mas também como ser orientado.

Como estruturar a sua hierarquia administrativa

Agora que melhor entendemos como funciona a hierarquia e o que ela é de fato, além da sua importância e seu impacto no mercado, chegou o momento de entender como estruturar a hierarquia da sua empresa de raspagem de pisos de madeira.

Sendo assim, confira os tópicos abaixo. Eles reúnem algumas informações que podem ser chamados de elementos da hierarquia, ou seja, pilares que são necessários para o seu funcionamento. Sem mais delongas, confira a seguir:

01 – Níveis de Pirâmide

Esse é o estilo mais comum de hierarquia que encontra quando o assunto é o modelo de como estruturar os cargos e funções diversificados de sua empresa.

Onde os níveis mais altos estão no topo da pirâmide os que possuem funções menos abrangentes e especializadas, abaixo, compondo a sua base.

Pense então que sua construtora obras comerciais e industriais, por exemplo, divide o topo da sua pirâmide com os cargos de estratégia, como presidentes, CEOs e diretores que, juntos, irão atuar como o grande cérebro da marca, indicando os caminhos a serem tomados.

Já a parte do meio da pirâmide, consideramos como o nível tático, onde são encontrados os colaboradores que precisam encontrar meios para que as estratégias passadas por cargos acima funcionem.

E assim aplicando seu conhecimento especializado e seguindo tais ordens para que a empresa consiga atingir seu objetivo. Por fim, mas não menos importante, possuímos a base da pirâmide onde se encontra o nível operacional. 

É o lugar mais volumoso da hierarquia onde os colaboradores precisam desempenhar tarefas menores que, juntas, fazem com que as demandas tenham sentido e as metas e objetivos sejam alcançados.

02 – Divisão horizontal

Principalmente em empresas de médio porte para maiores, a divisão horizontal tem como objetivo segmentar e classificar quando existem cargos e funções de funcionários com o mesmo nível hierárquico, algo necessário para controle, gestão e liderança da marca.

Normalmente, um termo criado pelos próprios profissionais do departamento de Recursos Humanos para melhor definir quais demandas, tarefas e funções que tais colaboradores têm, garante que todos sejam abraçados pelos mesmos direitos e deveres.

03 – Planejamento de cargos

Contratar apenas por contratar faz com que a empresa tenha diversos profissionais que podem não apenas não ser capacitados para as demandas que a organização precisa, mas também melhor garantir que elas serão feitas dentro do tempo.

Por isso, o departamento de RH precisa desenvolver estratégias que ajudem a melhor recrutar tais profissionais e garantir não apenas que os melhores e que mais têm relação com a cultura da empresa entrem nela, mas está assegurando o próprio sucesso da marca.

Em outras palavras, é preciso não contratar em excesso e nem contratar de menos, procurando encontrar não apenas o equilíbrio entre contratações, mas também garantir que as demandas estarão cumprindo prazos e níveis de qualidade e excelência.

04 – Invista em saúde financeira

Quando pensamos em uma organização financeira, é bastante necessário que todos os seus departamentos precisam saber lidar com os mais diversificados empecilhos que aconteçam com a marca, mas o setor de contratação é um dos mais afetados.

Isso significa que, quando o tema é hierarquia administrativa, é preciso que a área de Recursos Humanos esteja ciente que contratar sem ter o devido apoio financeiro no momento não fará bem para a saúde financeira e para a empresa em um aspecto geral.

Em outras palavras, se a realidade da marca no momento não é das melhores, é preciso que encontre alternativas, metas, objetivos e planejamento de contratação diferentes para se adaptar às possibilidades que a empresa entrega naquele momento.

Portanto, para não comprometer subsídios, acordos e até mesmo a superlotação de funcionários, somente para demiti-los caso a situação aperte mais, é preciso saber então contornar os obstáculos que surgem no mercado.

Considerações Finais

O texto de hoje abordou como funciona a hierarquia administrativa, o seu conceito, como funciona, quais as suas características, alguns dos seus benefícios e como estruturar a sua própria estrutura hierárquica, algo fundamental nos dias de hoje.

Pensemos que organização e disciplina, assim como saber lidar com demandas, é necessário para que uma empresa consiga sobreviver nos dias atuais, sendo reativa quando necessária e promovendo inovação, assim como entrega e qualidade para o mercado.

Sendo assim, pense em como fazer isso de forma que a sua marca continue sendo líder e avançando no mercado, assim como aplicando a sua essência de maneira assertiva e funcional, atraindo mais clientes e conquistando mais espaço no mercado.Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

7 − seis =