Neurovendas: aprenda o que é e como ele pode ajudar sua empresa

O conceito de neurovendas está crescendo cada dia mais no mercado e grande parte disso diz respeito à junção que existe entre a área do marketing, mais especificamente as vendas, e a psicologia dentro deste processo.

É isso mesmo, já pensou em unir a psicologia com o universo de vendas? Por mais improvável que essa combinação seja, ela tem surtido grandes efeitos com a chegada do conceito de neurovendas no mercado.

Todos nós temos um cérebro que funciona não apenas para nos deixar vivos ou nos ajudar a pensar, mas também é a fonte de muitas sensações, pensamentos e até mesmo emoções, por mais racional que pensamos que ele é.

Durante muito tempo o cérebro humano foi estado para que se encontrasse algo que pudesse explicar melhor o comportamento de determinadas pessoas. Com o avanço da tecnologia, isso se tornou bem mais acessível.

Assim como conseguimos encontrar uma boa empresa de portaria para condomínio em poucos segundos na internet, hoje é possível estudar o cérebro humano a fundo para entender mais sobre o comportamento do ser humano e do cliente.

Dentro do universo dos negócios, entender sobre o comportamento do usuário e cliente é essencial para toda e qualquer marca que entende a importância de aplicar estratégias personalizadas em sua marca.

E é justamente dentro deste cenário que entra o neurovendas, que está conquistando um grande destaque e influência no mercado, mudando por completo a relação entre marca e consumidor, e hoje iremos falar sobre ele.

Entenda o que é o neurovendas 

O conceito de neurovendas surgiu nos anos de 1970 através do neurocientista Paul D. McLean, que resolveu estudar o comportamento cerebral das pessoas e como isso influencia no processo de compra.

O significado da palavra pode ser entendido como a ciência das vendas, ou seja, o conceito estuda a fundo o comportamento e como os usuários agem desde o momento em que conhece um produto ou serviço e até a aquisição dele.

Por exemplo, uma empresa de montagem de painéis elétricos SP que deseja vender mais precisa entender como funciona o processo de vendas de sua marca para traçar estratégias personalizadas para o seu negócio.

Para isso precisamos entender como o cérebro humano age em situações de compra e como ele é dividido. Isso mesmo, o cérebro humano é dividido em três partes, e cada uma desempenha uma função em nossa vida.

Temos o cérebro dos mamíferos inferiores, que é responsável pelo nosso lado emocional, o cérebro racional, responsável pela capacidade de criar e, por fim, o cérebro reptiliano, que é o responsável pelo instinto de sobrevivência humano.

Cada uma dessas partes age em conjunto durante o processo de compra e são justamente elas que os cientistas estudam para entender o comportamento do ser humano e saber como ele age na decisão de compra.

Seja uma empresa terceirizada de limpeza de escritório ou até mesmo uma loja online de roupas, o conceito de neurovendas funciona de forma simples e não é preciso ser um expert em ciência para entender sobre o assunto.

Veja como funciona o conceito de neurovendas

O conceito de neurovendas funciona em cima de alguns pilares que precisam ser bem compreendidos pelas pessoas e empreendedores que resolveram apostar nele dentro de seu negócio. Esses pilares são:

  • Egocentrismo;
  • Tangibilidade;
  • Começo e fim;
  • Emoção.

O pilar do egocentrismo funciona na necessidade que aquele possível cliente pode ter do seu produto ou serviço, ou seja, como o que a sua marca oferece pode mudar por completo a vida daquele cliente, fazendo com que ele se sinta o protagonista do processo de vendas.

Já a tangibilidade é o pilar que mostra ao cliente algum resultado palpável que ele pode ter com o seu produto, por exemplo, mostrar o relato de um dos clientes da sua empresa de instalação elétrica predial é uma forma de provar a qualidade do que você oferece.

O pilar começo e fim defende a ideia da construção de uma história que prenda o usuário na sua marca e faça com que ele se sinta mais atraído pelo que você oferece. Aqui costuma entrar uma estratégia de storytelling que segue uma linha coerente de história.

Por fim, mas não menos importante, a emoção é aquilo que irá ser despertado nesse possível cliente e o levará à decisão de compra, desde o desejo até mesmo a alegria que irá sentir ao comprar o seu produto ou serviço.

São esses pilares que fazem o conceito de neurovendas funcionar e que precisam ser estudados a fundo e com extremo cuidado para garantir que tudo saia como o planejado e você tenha ótimos resultados.

Independentemente se o seu negócio oferece o melhor aluguel de transpaleteira elétrica ou venda de um produto físico, a neurovendas é um conceito que serve para todo e qualquer tipo de negócio, mas que precisa de cuidado em suas aplicações.

Vantagens da neurovendas

O conceito de neurovendas vem tomando um espaço cada vez maior e mais notório no mercado, grande parte disso são as diversas vantagens que o conceito traz para as marcas e profissionais que resolvem apostar nele, como:

Melhor relacionamento com o usuário

Relacionamento é algo essencial dentro do universo do marketing, ainda mais quando falamos do relacionamento entre marca e usuário, que pode vir a se tornar um cliente da empresa, que é essencial também para o processo de vendas.

Tudo isso porque o relacionamento garante que ambas as partes possam apresentar seus desejos e condições e, juntas, chegar em uma conclusão que traga bons resultados para ambos os lados.

Por exemplo, ao procurar por um serviço de terceirização portaria condomínio, é normal que você queira o melhor do mercado. Para isso, construir um bom relacionamento é fundamental, e essa vantagem é possível com a aplicação do conceito de neurovendas.

Maior fidelização de clientes

A fidelização dos clientes diz respeito a ação do cliente em não abandonar a sua marca perante dificuldades que apareçam e nem para uma marca concorrente, ele permanece fiel à sua empresa e ao que você oferece.

Isso porque você, como empresa e profissional, entende como esse cliente age e o que ele deseja, entregando a ele tudo o que ele precisa para que não pense em abandonar o seu negócio para abraçar uma promoção da concorrência.

Quando se conta com um cliente fiel, se conta também com um parceiro que estará disposto a fazer tudo pela sua marca, defendê-la quando necessário e acompanhar o desenvolvimento dela em um mercado competitivo todos os dias.

Melhora de resultados

Seja uma empresa de instalação elétrica industrial ou até mesmo uma universidade privada, é completamente normal que o negócio queira melhora em seus resultados, afinal de contas, isso significa mais faturamento, lucro e boa reputação para a marca.

E o conceito de neurovendas também consegue ajudar nisso, pois através dele é possível conhecer bem o seu público e todo o processo percorrido por ele para que chegue à decisão de compra.

Sendo assim, a melhora de resultados e as outras vantagens citadas anteriormente estão à disposição de toda e qualquer marca que entende a importância desse conceito e o aplica em seu negócio.

Saiba como aplicar o conceito de neurovendas

Para finalizar, é importante saber como aplicar o conceito de neurovendas em seu negócio, e isso é mais simples do que se imagina, pois como mencionamos anteriormente, não é preciso ser um especialista no assunto para fazer isso.

Seja um negócio de construção e montagem de tubulações industriais ou até mesmo um pequeno comércio de bairro, o que você precisa saber para aplicar esse conceito em seu negócio é apenas uma coisa: conhecer bem o seu cliente.

Isso porque o conceito de neurovendas gira em torno do comportamento das pessoas, e dentro de uma empresa essas pessoas são os clientes. As pessoas que irão pagar pelo seu produto ou serviço.

Por isso, quanto mais você o conhece, mas você entende sobre o comportamento dele, seus desejos, suas necessidades, dores e prazeres, o que será fundamental para a criação de produtos ou severos que o atenda e a definição de estratégias personalizadas.

Você pode fazer isso através de pesquisas de campo e até mesmo de conversas com os seus próprios clientes para conhecer mais sobre o perfil deles e entender como a sua marca pode ajudá-los.

Dessa maneira você entregará não apenas um produto ou serviço, mas uma experiência completa e baseada no conceito de neurovendas que, além de aumentar seus resultados, trará ainda mais intimidade entre marca e consumidor.Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

catorze + quatro =